Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Morroquianos
Início do conteúdo da página

Morroquianos

Publicado: Quinta, 07 de Julho de 2016, 15h40 | Última atualização em Sexta, 08 de Julho de 2016, 16h00 | Acessos: 776

Introdução

“Os camponeses (...) consideram a Morraria como seu ‘lugar’ por excelência. Seu nome dá identidade ao grupo e, de acordo com as representações locais, a Morraria é um ‘lugar bom e bonito para viver’. Parte das terras ainda está sob domínio dos camponeses: ‘a Morraria é nossa’ e ‘cada um tem seu pedaço de terra’.”1

Os morroquianos são pequenos produtores rurais que ligam diretamente sua identidade ao território que ocupam há séculos e onde desenvolveram um modo próprio de viver, a Morraria (situada no município de Cáceres, no Mato Grosso). O uso e vivência contínuos no espaço permitiram aos morroquianos desenvolver, por meio da observação direta e da experimentação prática, um conjunto de saberes e conhecimentos que são transmitidos de geração em geração, prezando pela diversidade biológica e pelo equilíbrio com os espaços naturais, estando completamente adaptados a eles. Sua identidade, nesse sentido, também se liga à ideia de produtores rurais e lavradores da terra.

As morrarias são uma região extensa delineada por serras e vales com vegetação do Cerrado. São espaços não apenas naturais, mas também dotados de características sociais, definindo o território morroquiano.

“Desenvolveram uma grande variedade de práticas de adaptação ao agroecossistema local, que se caracterizam pelo uso ordenado de terras férteis dos vales para produção de plantas de ciclo anual ou perene, de alto valor nutritivo (milho, arroz, feijão, mandioca, banana, entre outras), e o uso das terras de vegetação baixa de Cerrado para a criação de gado, a caça e a coleta vegetal. No ambiente doméstico produzem frutas, legumes, hortaliças, plantas medicinais e outras espécies com vários usos e realizam a criação de animais de pequeno porte (aves e porcos), como também uma indústria caseira e o artesanato (inclusive a fabricação de equipamentos de trabalho e a construção rural).” 2

Fim do conteúdo da página