Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Histórico
Início do conteúdo da página

Isqueiros

Publicado: Quinta, 07 de Julho de 2016, 15h31 | Última atualização em Sexta, 08 de Julho de 2016, 15h59 | Acessos: 78

Histórico

A atividade de coleta de iscas vivas teve início no Pantanal a partir da década de 1970, quando o Pantanal começou a ser amplamente divulgado nacional e internacionalmente como uma importante região turística. Seus imensos estoques pesqueiros constituíram um atrativo natural para o turismo de pesca, atividade que se estabeleceu rapidamente na região. Acompanhando essa oportunidade, pescadores locais e pessoas vindas de comunidades pobres e sem perspectivas de trabalho passaram a desenvolver a atividade de coleta de iscas vivas motivados pela demanda trazida pelos pescadores esportivos. As iscas vivas, geralmente caranguejos e peixes, que são alimentos para as espécies ditas nobres (ou seja, peixes de alto valor comercial), mobilizaram famílias de baixa renda. Vilas de trabalhadores surgiram ou cresceram em decorrência do turismo pesqueiro.

“As transformações ocorridas principalmente nas últimas três décadas, com implementação de projetos de infra-estrutura para transporte e energia, instalação de indústrias altamente poluidoras, desmatamento e substituição de paisagens naturais por monoculturas, têm tido graves repercussões para a perpetuação dos modos de vida e sustento de populações tradicionais e ribeirinhas. Essas populações encontram-se à margem dos processos de crescimento e desenvolvimento perpetuados na região Pantaneira, seguem cada vez mais marginalizados, lutando para conservar suas relações com o meio ambiente, através de suas crenças, tradições e formas de produção.”3

Fim do conteúdo da página